Amar é subir em um carrossel!

Uma hora, é você que não está bem. Outra hora, é o seu parceiro… Veja como evitar os altos e baixos tão comuns em qualquer relacionamento amoroso.

Você está com alguma insatisfação no relacionamento afetivo? A grande maioria das pessoas sofre desse mal, mas o que muita gente não sabe é que boa parte desse tipo de problema está relacionada com a energia dos envolvidos. Na vida a dois, aliás, é muito comum as energias comprometerem o sucesso de uma relação. E pode não só ser a energia de vocês, como também a energia de terceiros. Como isso funciona na prática?

Imagine que você tem uma relação bacana e prazerosa com seu parceiro. Ou seja, ambos se completam por terem um bom nível de entendimento pessoal e sexual. De repente, do nada, ele começa a se afastar de você. Para saber se realmente trata-se de uma questão energética com o intuito de mudar a situação, pare e analise dois itens importantes.

Número um: pode ser que, por qualquer motivo, você tenha entrado em uma sintonia de baixa auto-estima. Acha que não é bonita ou inteligente o suficiente, não se dá o valor e se critica constantemente – posturas nada saudáveis. Não dá outra, viu, gente: o parceiro começa a se desinteressar rapidinho.

E o interesse sexual, então, some por completo. Para ser mais claro: o tesão vai embora porque você mudou a sua energia. A baixa auto-estima impede o contato energético, gente! Ele só se estabelece quando as duas pessoas na relação se sentem gostosas, bonitas, importantes e interessantes.

Vocês já repararam que, quando alguém está na pior, até o cheiro dessa pessoa muda? E não adianta usar perfume porque é a energia dela que está exalando aquele cheiro. Atração por uma pessoa é pura energia. Simpatia é energia. Sexo é energia. Gente bonita e interessante que está com energia ruim não desperta tesão.

É por meio de uma boa energia que se dá aquele entusiasmo, aquele tchãzinho ou ainda aquele sininho que bate e faz rolar “um clima” entre dois indivíduos. Enfim, se você está sentindo uma possível baixa na sua auto-estima, é hora de despertar! Comece a se amar já!

Número dois: você pode estar com um encosto e, geralmente, trata-se daquilo que eu chamo de “vampiro sexual”. Ele acaba com qualquer relacionamento. Cada vez que você chega perto do parceiro, ele fica com raiva, nojo e se afasta. Isso mesmo, ele se afasta justamente de você, com quem tinha uma ótima compatibilidade energética. E é de uma hora pra outra, viu? O parceiro perde o tesão sexual porque, na verdade, você está acompanhada. Muito mal acompanhada, por sinal.

Esse vampiro sexual também é inconveniente. Você pode estar em casa, deitada, sem pensar em nada e, de repente, vem aquela coisa de que você “tem que” se masturbar. Ele a domina, você acaba cedendo e ele suga toda a sua energia. Resultado: você fica cansada e destruída. É diferente quando se está com algum estímulo e surge aquela vontade, fruto de uma excitação por uma pessoa ou um fato. Nesse caso, a masturbação renova sua energia e você fica melhor, fica bem.

Portanto, atenção: caso não tenha ocorrido algum fato concreto que tenha comprometido sua relação, observe a questão energética diante de mudanças repentinas. Se hoje você vive um mar de rosas com o parceiro e amanhã um maremoto arrasa sua vida a dois, provavelmente são influências astrais.

Autor: Luiz Antonio Gasparetto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s