O TODO AMOR

UMA FORÇA CURATIVA DE ORIGEM EGÍPCIA
(*) Pelo Terapeuta Nelson Matheus Silva
Dentre as civilizações que mais fascina a cultura ocidental, a egípcia com certeza está no centro de todas as atenções. Pouco se sabe sobre a religiosidade que se escondia por trás do culto ao deuses antigos e às forças da natureza que os egípcios tão bem conheciam.
Vivemos tempos áureos, onde o antigo mais uma vez surge com uma roupagem nova e atualizada. O xamanismo egípcio, praticado de forma mais templária, visava levar os iniciandos e as pessoas ao contato consigo mesmas, a liberarem seus sofrimentos e bloqueios que impediam sua total comunhão com o grande Deus que habita o coração de todos os homens.

Depois que o Egito se tornou um país mulçumano, os árabes aderiram há algumas de suas práticas. O sufismo tornou-se o guardião das mais misteriosas e profundas técnicas desse antigo povo.

O sufismo, como a cabala, é um sistema de crença e práticas mísiticas e esotéricas dentro de islã. Os praticantes do sufismo, conhecidos como sufis ou sufistas, procuram desenvolver uma relação íntima, direta e contínua com Deus, utilizando-se, dentre outras técnicas, da prática de cânticos, música e dança.

Na década de 1970, o americano Patrick Zeigler, quando em licença do Corpo do Exército da Paz, viajou ao Egito. No Cairo, ele foi apresentado a um grupo de Sufis que em vez de girar, dançavam um “zikir”, balançando em uma figura-padrão do oito – que ecoava o padrão do infinito, vibrando uma coloração energética e espiritual azul. Patrick visitou o Xeique dos Sufis no Sudão que lhe deu contas de oração e lhe passou muitos ensinos e lhe descreveu uma técnica utilizada por eles vinda do Egito Antigo.

Patrick, tinha por sonho passar a noite na Grande Pirâmide de Gizé. Ele achou uma abertura para a Câmara do Rei feita por ladrões, rastejou pelo túnel e se escondeu até os turistas saírem. Quando ele estava em posição de meditação no Sarcófago da câmara do Rei, realizando algumas práticas ensinadas pelo Xeique, ele reconta que, um som golpeando pulsou pela câmara, e uma luz azul rodando pairou em cima dele. Depois de superar o terror inicial, Patrick passou a noite meditando nesta energia azul elétrica que rodava no padrão do infinito em seu coração.
Pela manhã, ele estava coberto em um pó brilhante, e depois ele aprendeu que esta substância espontaneamente manifestada, é conhecida como ouro branco e é usada por gurus na Índia para levantar vibrações espirituais e promover poderes curativos.
Quando as orações Sufis à Allah, se tornavam um mantra “All Love”, ele sentia a abertura de seu coração. Quando Patrick voltou a trabalhar no Corpo do Exército da Paz no Iêmen, ele começou a manifestar energia curativa. Ele passou dois anos então no Nepal praticando meditação antes de voltar para casa nos EUA, em 1983, e estudar mais profundamente todo o processo pelo qual havia passado, até decidir repassar há outras pessoas.

Após estudos, vivências com a Energia e orietações que recebeu do Xieque no Sudão, Patrick entendeu que ele havia entrado em contato com a energia SKHM (Sekhen), uma energia que significa “Poder Divino” muito utilizado pelos antigos sacerdotes egípcios.

Atualmente, “SKHM All Love”, como é conhecido esse sistema de práticas, está em várias partes do mundo e tem levados várias pessoas a pleno desabrochar interno, auxiliando-os em suas liberações emocionais e mentais, trazendo-os de volta para si mesmos, para a Fonte, a Origem de tudo que está dentro de cada um.

Através das vivências em grupo e ainda segundo os ensinamentos recebidos dos sufis, o Patrick compreendeu que o Amor é uma energia física e que ocupa espaço físico no Universo. Que quando você preenche o seu corpo com esta energia, ela ocupa um espaço físico em você. Assim, para que isso aconteça, é preciso que outras energias que não sejam Amor, saiam do Corpo. ALL LOVE fará esse trabalho.


Em um só Coração,
ALL LOVE.
Nelson Matheus.
(*) Nelson Matheus Silva
É Terapeuta e facilita e organiza trabalhos de All Love em Recife, PE.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s