Até onde você quer ir em Análise?

1800485_10152249756539204_1371928381_n

Algumas vezes, em análise, sou indagado sobre o que este processo fará pela pessoa, e quanto tempo irá durar. É natural pensar assim, principalmente porquê vivemos em um mundo da pressa, do corre-corre, do não-tempo para si mesmo. A análise se intromepe neste ritmo acelerado e abre um “break” e diz: “eu te escuto”. E neste momento, tomamos um fôlego. 

Fazer análise/psicoterapia, não é como ir ao médico, pedir um remédio e ir embora. Há cada encontro, o analisando lida consigo mesmo, com seu amadurecimento psíquico. Nem tudo em terapia é conflito, mas é certo que se este último surgir, estará ali um profissional preparado para intervir de forma precisa em tal questão, na tentativa de provocar uma melhor assimilação e consciência, um aumento das sinapses cerebrais, e, com isso, a pessoa em terapia poderá ir mais longe em sua evolução pessoal.

Somos enganados pelos nossos mecanismos psíquicos constantemente, que se organizam de tal forma para termos condições de estarmos vivos. Mas, tudo se resume ao estar vivo? E as potencialidades da vida? E as heranças emocionais que nos mantém presos aos velhos padrões, que ora temos consciência e ora não temos? E os anseios de nossa alma?

Então, a pergunta é: até onde você quer ir?

Por Nelson Matheus.

.

Para saber mais sobre o atendimento psicoterapêutico, clique aqui.

Para falar conosco, acesse a página Contato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s