Reiki, qual o melhor?

Alameda das lanternas
Escada das lanternas – Entrada do Templo Kurama – Local onde Mikao Usui teve sua iluminação que deu origem ao Reiki

Este é um tema que permeia a comunidade de Reiki de todo o mundo. Em 1922, Mikao Usui, fundador do Método Reiki, vivenciou sua iluminação e desta experiência resultou o conhecemos hoje com o nome de Reiki. Já na época, muitas pessoas estavam criando métodos de cura, reformulações de métodos que já existiam e copiando o que alguns professores sérios tinham acessado. Para proteger o sistema, Mikao Usui, instituiu o nome Usui Reiki Ryoho, que significa Método Reiki do Usui – uma forma de diferenciar a sua experiência genuína de diversos outros métodos que estavam surgindo em paralelo.

Em 1925, houve um grande terremoto no Japão que devastou todo aquele país, deixando muitas pessoas em estado de total desespero, feridas e outros mortos. Foi nesse evento que o Reiki se tornou especialmente famoso por todo o Japão, porque Mikao Usui juntamente com seus alunos foram ajudar os sobreviventes com tratamentos. O resultado foi tão espantoso que o imperador logo ficou curioso sobre o processo e forneceu todas as condições para que o Reiki se desenvolvesse no Japão.

O Reiki passou a ser, nas décadas posteriores, o método energético mais difundido em todo mundo, principalmente depois que a mestra Reiki Hawayo Takata trouxe o Reiki para o Ocidente.

Existem muitas especulações históricas à respeito da origem do Reiki. O fundador, Usui Sensei, afirmava que o Reiki é algo original e que não existia nada comparado a ele.

Hoje, encontramos um verdadeiro mercado de Reiki sendo oferecido à cada esquina. Cada um informado que o seu é o melhor. Quando um de meus professores, treinado por John Gray, primeiro professor formado pela mestra Takata, me mostrou o áudio das gravações das aulas dessa incrível e forte mestra, pude sentir o elo invisível que a mantinha ligada à linhagem do Reiki. Ela nunca criou o Reiki da Takata.

Infelizmente, há pessoas mal treinadas em Reiki. Não que o Reiki seja algo difícil de se aprender ou complexo em sua prática. Mas, existe uma tradição viva dentro do sistema, um vínculo com a Energia que só é transmitida pelo professor que consegue viver esses princípios e manter a “chama acesa”.

Nos últimos anos, vejo na internet a quantidades de ReikiS surgindo à cada dia e fico me perguntando como foi o treinamento dessas pessoas, o que seus professores passaram a eles?! Há uma necessidade de exclusividade imensa em nossa sociedade. E cada vez mais vejo cópias grosseiras de sistemas anteriormente feitos, desrespeitando o processo, a tradição, a espiritualidade presente nessas práticas. Sinceramente, não sei onde tudo isto vai parar.

Lembro da fala Chiyoko Yamaguchi, professora japonesa de Reiki, e do receio dela de ensinar Reiki aos ocidentais devido à forma como lidam com as tradições. Infelizmente, a partir do legado que ela deixou também criaram um outro Reiki.

Tive que investir muito dinheiro, tempo e energia para descobrir que muito do que fiz só me serviu para ter a experiência de que dentro do trabalho com Energia a experiência vem sempre de dentro. Ninguém inventa Reiki porquê Reiki veio de uma experiência pessoal do Mikao Usui. Ele obviamente sabia que o Reiki pertencia ao Universo e desejava que esta maravilhosa energia e método fossem difundidos por todo o planeta e curasse o corpo e a mente de todos os seres.

Contudo, precisamos diminuir nossa ansiedade e nossa necessidade de colocarmos nossa identidade em tudo. A ansiedade é um fenômeno puramente humano. Você já viu um leão ansioso? Mas, quantos de nós somos ansioso pela cura e mudança do outro? Daí vem sistemas cada vez mais novos e com milhares de símbolos para “forçar” o “despertar” do outro com a desculpa de séculos: o planeta Terra está mudando. E está. E provavelmente o Reiki é o resultado destas mudanças. Mas, nem por isso o Sol passa correndo pelo horizonte. É preciso olhar para dentro. Quando queremos que o outro rapidamente mude, somos nós que devemos aprender a respeitar o processo do outro, o tempo dele. E Reiki é uma excelente ferramente para você viver no presente, no hoje, no Agora. Será que essa pessoas praticam o auto-Reiki? É incompatível certas posturas com quem está imerso no processo. E para mim, um professor ou mestre Reiki é aquele que se fundiu à Energia.

Não há melhor Reiki. O que há são mestres e praticantes Reiki mais preparados, mais dedicados ao trabalho. Não estou falando aqui de um currículo gigantesco. Porque para o Reiki pouco importa os outros cursos que você fez. Neste caso, a experiência dentro do Reiki é que vale, a sensibilidade, a capacidade de conduzir o cliente à níveis ampliados de consciência e de si mesmo, assim como se conectar e se entregar a energia inteiramente.

O Reiki tem sido um presente em minha vida! E sou imensamente grato ao Universo por ter tido professores que me conduziram à clareza de ninguém muda o Universo. A mudança é interna. A nitidez da minha visão enxerga o Reiki como sendo Reiki, sem enfeites, sem nomes adicionais. A felicidade se torna transbordante quando encontro meus alunos, pessoas dispostas a dar continuidade a esse processo e expandir este trabalho seja em suas vidas seja no mundo.

É importante ressaltar, que em meio a tudo isto, a simplicidade do Reiki é algo por si só transformador. Usui Sensei quis que assim permanecesse. E como honra ao mestre Usui, a pérola permanece em nossas mãos. Quando houver dúvidas, sinta em seu coração. No mais, é ficar atento para tanta necessidade de conhecimentos adicionais, mais e mais. Lembre-se que o Reiki é herdeiro das antigas tradições orientais. Se você viver realmente seus princípios, estudar seus ensinamentos e praticar, dificilmente haverá a necessidade de transformar o Reiki em algo que ele não é.

Reiki é a própria vida! E na vida, quem se transforma é você!

Por Nelson Matheus.

.

Para informações sobre o nosso próximo Treinamento em Reiki, clique aqui.

Para saber mais sobre o atendimento com Reiki, acesse aqui.

 .

.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s