Quem era você antes de ter medo?

Por Nelson Matheus – Life Coach e Psicólogo

Sem título578

Todos os dias, recebo inúmeros emails de leitores de meu blog, e também clientes que estão vivendo situações que parecem impedir que eles fluam em suas vidas. E sempre encontro algo em comum, entre uma linha e outra, entre uma fala e um silêncio: o medo. Sim, esse vilão criado pela humanidade que nos trava, e impede-nos de sermos quem nós realmente somos.

Quantas vezes você já se perguntou qual seria a sua missão de vida neste mundo? Provavelmente inúmeras, não é mesmo?! Eu mesmo já me perguntei isso várias vezes, até ficar totalmente consciente da minha.

A nossa missão está sempre relacionada àquilo que faz o nosso coração ficar grande e confortável, é o que nos faz vibrar de felicidade.

Deixa eu contar um segredo que vai fazer você entender algo sobre missão: ser feliz é o seu maior propósito de vida. 

Quando você se torna uma pessoa mais feliz, você contribui com todos à sua volta, expandindo a sua paz e a sua luminosidade no mundo. Com isso, você incentiva outras pessoas à também serem felizes.

Parece fácil? Então, o que está segurando você? Vou responder antecipadamente, ok? O medo. É, o medo de dar errado, de não ser isso mesmo, de se arrepender, e de tantas outras coisas que só o medo sabe dizer.

Houve um momento em minha vida que entendi que não adianta buscar uma razão para a vida existir do lado de fora, quando, na verdade, tudo começa dentro de nós. Por isso, a sua primeira missão de vida é ser feliz. Comprometa-se com isso.

E como ser feliz? Se pergunte quem era você antes do medo surgir em sua vida. Faça isso. Respire, relaxe e faça essa pergunta a si mesmo/a. Deixe o seu próprio corpo mostrar isso à você. Lembre-se do quão espontâneo você era, da sua comida preferida, daquele passeio que tanto deixava seu sorriso amarelo, do algodão-doce no parque.

Talvez, você tenha esquecido que é tão simples e natural ser feliz, que você criou uma vida complicada para justificar não viver o seu dia realmente bem! Talvez, você só precise de um pequeno incentivo.

Para o seu dia a dia, elabore uma lista de coisas que você gosta de fazer, das mais complexas às mais bobas e simples. Comece por onde for mais fácil. Todo dia, faça alguma coisa. Isso mudou minha relação com a minha sensação de prazer, de estar vivo. Descobri que eu precisa de tão menos…

Se você sente que não faz o que você ama em seu trabalho, por exemplo, o que você pode fazer, uma pequena coisa, que vai trazer mais bem estar e felicidade de estar ali. É fortalecer o relacionamento com as pessoas? É colocar as fotos da sua família por perto? É fazer aquele lanche naquele café que só existe ali perto? Sempre há algo simples que podemos fazer. Não fique só na ideia. Faça!

Você já parou para observar que quando estamos felizes, tudo fica mais fácil? Parece que o mundo sorri de volta ao nosso estado de plenitude interna, os problemas passam a não ser tão grandes assim, as pessoas parecem mais simpáticas, a brisa da manhã tem um suave cheiro de lavanda.

O medo é só a sua mente tentando controlar a sua vida. Vá, tenha coragem de ser feliz! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s